A nova "tropa de elite" baiana
O ator Wagner Moura comanda o lançamento do primeiro disco da banda Sua Mãe, formada com amigos da Bahia, e se diverte em show no Rio.




"DEPOIS DE 18 ANOS, o primeiro show no Rio de Janeiro. É o lançamento mundial e internacional de Sua Mãe". Foi assim, em tom de brincadeira, que o ator Wagner Moura, abriu a apresentação de Sua Mãe - banda que reúne um grupo de amigos dos tempos de colégio do ator: Gabriel Carvalho, Ede Marcus, Serjão Brito, Claudinho David, Tangre Paranhos e Leco - durante o lançamento do CD The Very Best of the Greatest Hits na quinta-feira 20, no Teatro Odisseia, na Lapa, centro do Rio. Mesmo resfriado, Wagner não perdeu o entusiasmo e teve sua performance bastante aplaudida pela multidão de fãs, todas com câmeras digitais e celulares em punho para registrar o cantor no palco.

O show foi um mix de rock com brega e pitadas de ritmos baianos, como o arrocha. Wagner até tirou uma fã para dançar na hora do ritmo popular baiano. No repertório, canções de Reginaldo Rossi, Odair José e Roberto Carlos, além de composições próprias como "Vanessa e o Véu". Wagner não gosta de rotular o som da banda de "brega". "A banda mistura rock inglês dos anos 80 com a melancolia dos cantores ditos bregas. Mas acho esse termo pejorativo", defende.

Alegria

A mulher do novo cantor, Sandra Salgado, tambem prestigiou o marido, grávida de sete meses do segundo filho do casal. No final, Wagner fez piada da demora no lançamento do primeiro disco, já que a banda existe há 18 anos. "O próximo CD pode ser em 2028. E vai se chamar Sua Avó", brincou ele, que preferiu não traçar metas, já que a música não é o ganha-pão de nenhum dos integrantes. "A banda nunca vai acabar. Vamos continuar nos encontrando, tomando uma cerveja, tocando."


Lázaro Ramos, Ângelo Paes Leme e Ana Sophia Folch, mais Bruno Garcia: confraria de amigos da Bahia na apresentação de Wagner Moura

Fonte: ISTOÉ Gente